Seguidores

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Do BLOG"100% Educação Infantil".

INTRODUÇÃO
• Neste Bimestre, vivenciou as atividades de maneira significativa e construtiva, demonstrou interesse em participar das diversas situações que permitiram a busca das respostas para essas soluções implícitas na mobilização de conhecimentos de diferentes áreas, as quais observamos que tem se desenvolvido.
• Proporcionamos vivências para que tenha contato com a linguagem escrita por meio de diferentes tipologias de texto, como: convites, bilhetes, cartazes e com diversos materiais.
• Durante o trabalho com a linguagem escrita, possibilitamos a imersão significativa e prazerosa do aluno. De forma contextualizada, a escrita foi trabalhada com base nas formas que aparecem na sociedade relacionada às situações de vida.
• Neste bimestre podemos considerar que construímos conhecimentos bastante significativos no nosso processo de alfabetização.


SOCIALIZAÇÃO
• Adaptou-se muito bem à nova escola e relaciona-se muito bem com os colegas e com a professora.
• Participa e colabora com as atividades realizadas em grupos. No grupo interage e troca conhecimentos fortalecendo a sua aprendizagem e contribuindo com a aprendizagem dos colegas. Gosta de socializar os seus conhecimentos na roda de conversa, trazendo suas experiências cotidianas.
Organiza seus pertences, colabora na organização da sala após as brincadeiras e atividades realizadas em grupos e individuais. (sempre, quase nunca, às vezes, a contragosto).
Gosta de jogar e brincar com os colegas e com a professora. Respeita as regras do jogo (sempre/às vezes/quase nunca) com os colegas.
• É querido e prestativo com a professora e colegas. É muito organizado, gosta de estar na escola e aprender coisas novas.
• Tivemos muitas oportunidades de estreitar nossos laços de amizade e cooperação realizando várias atividades em grupo, fazendo assim com que exercitemos nossa capacidade de socialização.


ATIVIDADES DA PRÁTICA DIÁRIA
• Mostrou-se interessado em envolver-se nas atividades referentes ao Folclore, participando com entusiasmo ao tentar descobrir as respostas das adivinhações, brincar com as parlendas, as trava-línguas, cantar as músicas folclóricas e ouvir lendas.
• Nas aulas de artes, cria e produz com habilidade, desenhos, pinturas, recortes, colagens, dobraduras, modelagens, explorando adequadamente, as diferentes propriedades dos objetos para produções artísticas.
• Importante ressaltar que para acompanhar a proposta pedagógica dessa série, precisa faltar menos às aulas, dando, assim, sequência nos conteúdos trabalhados diariamente.

MATEMÁTICA
• Interpreta e resolve situações-problema que envolva ideias de adicionar e subtrair, por meio de estratégias pessoais e convencionais.
• Em relação ao trabalho com a área da matemática continuamos com as atividades de compreensão dos conceitos numéricos através da resolução de situações-problema do cotidiano escolar. Preocupamo-nos ainda, com a identificação dos numerais até 100 e suas respectivas quantidades. Neste trabalho, ainda sente necessidade de recorrer ao quadro de números da sala para encontrar os números vizinhos e relacioná-los às suas respectivas quantidades.
Ainda necessita do acompanhamento individual da professora e do apoio do material concreto para melhor compreender as operações de soma e subtração simples.
Como também, necessita de uma intervenção mais direta da professora e colegas para identificar os numerais pedidos e suas respectivas quantidades.
• Ainda necessita do apoio dos colegas e / ou intervenção da professora para interpretar e resolver situações-problema que envolva ideias de adicionar e subtrair.
• Nas tarefas que envolvem raciocínio lógico matemático, às vezes, pede ajuda, mostrando interesse ao realizar as atividades propostas. Nestas ocasiões é preciso retomar a explicação individualmente sempre utilizando o auxílio de materiais concretos. Então ele recorda os conteúdos e conceitos para poder atuar.
• Seleciona conjuntos de acordo com o que tem mais e menos elementos.
• Ordena quantidades e localiza números em uma sequência ou intervalos numéricos.
• Como o apoio da professora, consegue ordenar quantidades e localizar números em uma sequência ou intervalos numéricos a partir de 20.
• Em relação ao trabalho com a área da matemática continuamos com as atividades de compreensão dos conceitos numéricos através da resolução de situações-problema do cotidiano escolar. Preocupamo-nos ainda, com a identificação dos numerais até 100 e suas respectivas quantidades.
• Continuamos com um trabalho de compreensão do conceito da soma e subtração dos numerais até 19.
• Já identifica os numerais pedidos bem como suas respectivas quantidades.

• Ainda necessita de uma intervenção mais direta da professora e colegas para identificar os numerais pedidos e suas respectivas quantidades.
• Ainda não identifica os numerais pedidos nem suas respectivas quantidades
• Já identifica os numerais pedidos bem como suas respectivas quantidades, porém, necessita recorrer à ordem numérica memorizada.


Leitura para NÃO ALFABÉTICOS

• Utilizam procedimentos para compreensão do texto, como antecipação, inferência e verificação.
• Tenta, nas situações de leitura de textos memorizados, ajustar o falado ao escrito, apoiando-se nos conhecimentos que tem sobre as letras e textos.
Mostra-se interessado em manusear livros de história, gibis e revistas.

Grafismo
• Quanto ao desenvolvimento do seu grafismo, já representa ideias e ações significativas em seus desenhos. Apresenta um registro da figura humana de forma reconhecível, porém resumida.
• Ainda não se preocupa com a questão da proporção e localização dos objetos no desenho, mas se preocupa em enriquecer seu desenho com a variedade de cores e detalhes.
• Apresenta um registro da figura humana seguindo determinados modelos convencionados socialmente, como os “bonecos-palito”, por exemplo.
E ainda não se preocupa com a “linha de base”. A linha que dá sustentação ao desenho.
•. Apresenta um registro da figura humana e outros objetos de forma reconhecível embora não haja a preocupação com a questão da proporção e localização dos objetos no desenho.
• Quanto ao desenvolvimento do seu grafismo, já representa ações significativas nos seus desenhos, registrando de forma organizada e elaborada as suas idéias. Há também, a preocupação de seguir determinados modelos convencionados socialmente, como por exemplo, os “bonecos-palito”.
Embora não haja a preocupação com a organização espacial dos objetos no desenho, como por exemplo, a ausência da “linha de base”, a linha que dá sustentação ao desenho.
• Busca representar os objetos destacando-lhes apenas os traços que julga mais importante.
• Sua representação figurativa possui grande riqueza de detalhes.
• Sua representação figurativa possui grande riqueza de detalhes e cores.
• Sua representação figurativa possui grande riqueza de cores
• Preocupa-se ainda, em estabelecer relações entre o todo representado e as suas partes.


Interação
• E Demonstra grande satisfação no ambiente escolar. E participa ativamente das atividades propostas, interagindo muito bem com toda a comunidade escolar.
• Está sempre disposto a ajudar a professora e aos colegas. E o faz com grande alegria e satisfação.
• Podemos nos surpreender com sua solidariedade com os colegas. Em especial com a Dalila, que é constantemente beneficiada pelas iniciativas da amiga em adaptar as brincadeiras às suas especificidades.
• É uma criança extremamente sociável e carinhosa, que interage muito bem com toda a comunidade escolar
• O que faz com que ele cative a todos com seu jeitinho solidário e participativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

VOLTE SEMPRE!




QUE BOM QUE VOCÊ VEIO! ESPERO QUE VOLTE SEMPRE...TEREI SEMPRE NOVIDADES TE ESPERANDO! BEIJINHOS!!