Seguidores

domingo, 23 de maio de 2010

ANASTASIA PREOCUPA-SE COM A ALIMENTAÇÃO DOS ALUNOS E COM PAIS QUE TRABALHAM E DEIXAM SEUS FILHOS NA ESCOLA. E A EDUCAÇÃO ANASTASIA? ESQUECEU-SE?

TJMG autoriza contratação de professores
De acordo com a decisão da Justiça, objetivo é propiciar o retorno dos alunos da rede pública às aulas
Andréia Candido com Agência Minas
Jornal Correio de Uberlândia
Atualizada: 21/05/2010 - 22h32min

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais decidiu ontem que o governo de Minas pode contratar professores substitutos aos que se encontram em greve liderada pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE).
Segundo a decisão, o governo de Minas está autorizado a adotar “as providências que refutar cabíveis para restaurar a prestação do serviço público mediante a edição de novo ato administrativo no qual, segundo seu critério de discricionariedade, discrimine as condições para que as contratações temporárias possam ser efetivadas”. Ainda de acordo com a decisão, o objetivo é “propiciar o retorno dos alunos da rede pública às aulas”. A decisão de ontem vem depois de a Justiça ter considerado a ilegalidade do movimento em duas decisões diferentes.
O governador Antonio Anastasia reiterou a sua preocupação com as crianças e jovens que se encontram impedidas de frequentar as aulas, especialmente com aquelas que contam com a merenda escolar como parte importante de sua alimentação. Há uma preocupação também com os pais e responsáveis que precisam trabalhar fora e não estão tendo com quem deixar os filhos. O governo de Minas se diz aberto ao diálogo com a categoria.
Comando se reúne hoje na capital
Integrantes do comando de greve dos professores da rede estadual de ensino se reúnem hoje, em Belo Horizonte, para debater as propostas do governo de Minas, apresentadas na última assembleia, realizada na terça-feira (18). Na segunda-feira, na Escola Américo Renê Giannetti, às 18h, os professores vão avaliar as decisões. Da reunião sairá a decisão de manter ou não a paralisação.
Ontem, cerca de 50 professores se reuniram em frente à Superintendência Regional de Ensino para uma manifestação. De acordo com a presidente do Sind-UTE em Uberlândia, Elaine Cristina Ribeiro, o movimento foi para denunciar a insatisfação dos professores diante das ameaças do governo.
OPINIÃO DO BLOG.
PROFESSOR NÃO É BABÁ ...É EDUCADOR E PRECISA SER VALORIZADO COMO TAL.

Um comentário:

  1. Parabéns Vanda ,pelo blog !!! Gostei muito e farei um para mim também ... É isso mesmo ...divulgando nossas revindicações . Certamante ,nossa vitória já teria se concretizado ,se os colegas que ainda estão nas salas de aula ,participassem ,se politizassem e não se colocassem na posição de indiferentes ao que é comum a todos . Então o governador não teria como falar que , os professores que ainda estão trabalhando ,mostra que o salário que se paga em MG é o melhor da América Latina (reportagem em que Anastasia deu para a imprensa ).Um descaso para a Educação .

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget

VOLTE SEMPRE!




QUE BOM QUE VOCÊ VEIO! ESPERO QUE VOLTE SEMPRE...TEREI SEMPRE NOVIDADES TE ESPERANDO! BEIJINHOS!!